Ao utilizar este website está a concondar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa política de privacidade e uso de cookies, onde poderá desactivar os mesmos.

OK

O que é a pneumonia?

A Pneumonia é uma inflamação nos pulmões, mais precisamente no parênquima pulmonar, local onde ocorrem as trocas gasosas indispensáveis à vida. Pode ser leve, severa ou mortal, dependendo da idade do doente e do seu estado de saúde.

A pneumonia é uma doença frequente? Quem são os mais atingidos?

A Pneumonia afeta, por ano, cerca de 12 pessoas por cada 1000 habitantes e as vítimas mais frequentes são crianças e idosos. Estes, por serem usualmente aqueles que têm sistemas imunológicos mais débeis, são aqueles em que a doença causa maiores danos, obrigando muitaa vezes as vítimas a serem internadas.


A vacinação contra a gripe também é uma forma de prevenir a pneumonia?

Sim, também é. Infeções virais recentes facilitam o aparecimento da Pneumonia e aumentam também o risco de que surjam problemas que daí advém, o que muitas vezes obriga ao internamento da vítima. Portanto a vacinação contra a gripe é também uma forma de prevenção da Pneumonia.


Como se pode prevenir a pneumonia?

Para prevenir a Pneumonia existe uma vacina que evita formas mais agressivas da doença e deve ser administrada àqueles que fazem parte do grupo de risco, como idosos com idade superior a 65 anos de idade, pessoas que vivam em lares/centros de dia ou locais similares, doentes pulmonares e doentes crónicas, indivíduos sujeitos a tratamentos que tornam as defesas mais fracas, grávidas, profissionais de saúde e pessoas que usualmente convivam com outras que estão ou já estiveram infetadas com a doença.


Como se trata? é necessário internamento?

Na maior parte dos casos o tratamento não obriga a internamento, podendo este ser feito em ambulatório. No entanto, se se verificar outro tipo de problemas de saúde ou doenças que possam fazer agravar a Pneumonia é aconselhável que se recorra ao internamento, até porque entre as primeiras 48h a 72h a evolução da infeção não decorre de forma favorável.

Se a infeção for de origem bacteriana é tratada com antibióticos, se na sua origem estiver um vírus recorre-se a fármacos antivirais.


Quais são os sintomas?

Os sintomas de um doente infetado com Pneumonia, de uma forma geral são: febre, tosse, calafrios, dores musculares, de cabeça e articulares. No entanto a Pneumonia não tem sintomas particulares, um doente infetado tem sintomas semelhantes aos de outras doenças do sistema respiratório, pelo que é difícil de detetar.


Qual é a causa?

A Pneumonia é causada pela penetração de agentes infeciosos no espaço alveolar, onde ocorre a troca gasosa, através de via aérea. Pode ser originada por uma bactéria (pneumococo) ou por um vírus (vírus da gripe).


Acompanhe as nossas novidades.
Subscreva a Newsletter SPP

subscrever Newsletter

SOCIEDADE PORTUGUESA DE PNEUMOLOGIA | SEDE

 

geral@sppneumologia.pt

 

T. (+351) 217 962 074

F. (+351) 217 962 075

 

Rua Ivone Silva, 6 (Edifício ARCIS), 6º Esquerdo

1069-130 Lisboa

 

Horário de Funcionamento:
- Segunda a Sexta-feira
- 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h30

VER NO MAPA

DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO

 

comunicacao@sppneumologia.pt
 

T. (+351) 926 432 143 
Cátia Jorge
 

T. (+351) 917 434 115
Andreia Pinto

com o apoio de:

Grupo Medinfar
PULMONOLOGY