Ao utilizar este website está a concondar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa política de privacidade e uso de cookies, onde poderá desactivar os mesmos.

OK

O isolamento social e as mudanças da rotina impostas pela pandemia COVID-19, têm vários efeitos na saúde física e mental, incluindo a perturbação do sono. A crise pandémica tem sido associada a perturbações da saúde mental causadas pela própria doença, pelo receio da doença e pelo confinamento. Os sintomas de ansiedade e depressão aumentaram em vários países a partir de abril de 2020 e existe evidência de aumento do consumo de substâncias ilícitas e ideação suicida.

Um estudo português realizado no Hospital de S. João demonstrou que quase 70% dos incluídos sofreu pelo menos uma perturbação do sono e o aumento dos despertares noturnos foi a perturbação mais frequente. A British Sleep Society reconhece que ¾ da população sofreram pelo menos alguma alteração do seu sono. Os pedidos de consulta de insónia aumentaram em vários países. O aumento de perturbações do sono em 2020 foi realçado em diferentes publicações provenientes de vários países que estudaram o impacto do isolamento, da quarentena, ansiedade, stress e perdas económicas no sono.

A campanha «leve só o sono para a cama» pretende:

- abordar o impacto da pandemia no sono;

- salientar o aumento de perturbações do sono em relação com a crise pandémica

- enfatizar o papel do sono num sistema imunitário mais eficaz;

- chamar a atenção para a janela de oportunidade de um confinamento para a adoção de estilo de vida saudável, incluindo um bom sono;

- salientar que o período de confinamento também é um momento de reflexão e de estar atento aos sinais de uma doença do sono prévia a pandemia;

- nos indivíduos com doença pré-existente – salientar a necessidade de cumprimento do tratamento;

- educar sobre medidas para um bom sono, mesmo durante a pandemia.

COVID-19 COVID-19

Acompanhe as nossas novidades.
Subscreva a Newsletter SPP

subscrever Newsletter

SOCIEDADE PORTUGUESA DE PNEUMOLOGIA | SEDE

 

geral@sppneumologia.pt

 

T. (+351) 217 962 074

F. (+351) 217 962 075

 

Rua Ivone Silva, 6 (Edifício ARCIS), 6º Esquerdo

1069-130 Lisboa

 

Horário de Funcionamento:
- Segunda a Sexta-feira
- 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h30

VER NO MAPA

DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO

 

comunicacao@sppneumologia.pt
 

T. (+351) 926 432 143 
Cátia Jorge
 

T. (+351) 917 434 115
Andreia Pinto

com o apoio de:

Grupo Medinfar
Takeda
Bial
PULMONOLOGY