Este website utiliza cookies. Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos. Para mais informações consulte a nossa política de privacidade.

OK

Os dados da segunda vaga do relatório Vacinómetro®, que monitoriza a vacinação contra a gripe durante a época gripal, através de questionários, revelam que da população incluída nas recomendações da Direção-Geral da Saúde, já terão sido vacinados contra a gripe sazonal desde o início da época 2023/2024:


• 48,1% dos indivíduos com 65 ou mais anos de idade – sendo que com a sub-análise realizada ao grupo dos 80 ou mais anos de idade 66,3% afirmaram já terem sido vacinados;
• 48,9% dos indivíduos portadores de doença crónica – sendo que, com a sub-análise realizada, 55,9% das pessoas com diabetes e 50,1% da população com doença cardiovascular já terão sido vacinadas;
• 25,6% dos portugueses com idades compreendidas entre os 60 e os 64 anos– sendo que, com a sub-análise realizada, 44,1% vacinou-se por recomendação do seu médico;
• 35,3% dos profissionais de saúde em contacto direto com doentes;
• Destacamos a proteção das grávidas com uma cobertura vacinal de 52,4%, sendo que 72,2% o fizeram por recomendação do médico.


De notar também que da população vacinada com 65 ou mais anos de idade, 57,1% é da área metropolitana de Lisboa, 56,5% do norte, 39,4% da região autónoma dos Açores, 39,3% do Alentejo, 34,8% do Algarve, 32,6% da região Centro e 32,4% da região autónoma da Madeira.


Do total do grupo de indivíduos vacinados, na amostra total estudada, os principais motivos que os levaram a vacinar-se foram:

• 50,8% por recomendação do médico;
• 19,1% no contexto de uma iniciativa laboral;
• 14,7% por iniciativa própria, porque procuram estar sempre protegidos;
• 9,9% porque recebeu notificação de agendamento pelo SNS;


Filipe Froes
Pneumologista no Hospital Pulido Valente – CHULN

“Melhor é difícil e, a continuar assim, antes do final de novembro atingimos o valor alvo de 75% de cobertura vacinal contra a gripe na população 65+ . O que temos vindo a aprender e a aplicar é que nunca a prevenção foi tão importante. De recordar que nos últimos anos só dois países europeus atingiram o valor alvo de 75%, definido pela OMS: Portugal e o Reino Unido.
Estes dados revelam, também, a importância dos profissionais de saúde se vacinarem para se protegerem e darem o exemplo aos seus doentes”.

Desta segunda vaga, podemos ainda aferir que:


• 59,7% das pessoas não vacinadas com 65 ou mais anos de idade tencionam vacinar-se;
• 57,2% dos doentes crónicos não vacinados apresentam intenção de vacinação nesta época gripal;
• No caso dos profissionais de saúde, 21,5% das pessoas não vacinadas, manifestaram intenção de vacinação nesta época gripal;
• No grupo com mais de 80 anos, 58,9% das pessoas inquiridas não vacinadas apresentam intenção de o fazer nesta época gripal.

Relativamente à coadministração da Vacina Gripe e COVID, 83,1% das pessoas vacinadas pertencentes aos grupos com recomendação, optou pela coadministração.


No que diz respeito aos motivos que levaram a optar pela coadministração:


• 69,6% refere “Quero estar protegido/Considero que ambas são importantes para a minha saúde”;
• 21,1% refere que o médico recomendou a coadministração;
• 5,2% terá sido por fazer parte dos grupos de risco;
• 4,2% por recomendação do farmacêutico.
De acordo com a Norma nº 006/2023 da DGS, a vacinação contra a gripe é fortemente recomendada para os grupos prioritários:
• Pessoas com idade igual ou superior a 60 anos;
• Doentes crónicos e imunodeprimidos, com 6 ou mais meses de idade;
• Grávidas, para proteção de evolução grave da gripe durante a gravidez e para proteção dos filhos durante os primeiros meses de vida;
• Profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados;
• Pessoas incluídas em contextos definidos pela DGS: por exemplo, doentes com determinadas patologias crónicas ou condições(1) como Diabetes, Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica, Doença Cardiovascular, entre outras.

Acompanhe as nossas novidades.
Subscreva a Newsletter SPP

subscrever Newsletter

Membro Parceiro de:

ERS
PULMONOLOGY
REAG
INALADORES