Este website utiliza cookies. Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos. Para mais informações consulte a nossa política de privacidade.

OK

No dia 5 de março, pelas 21.00 horas, abordámos as sequelas neurológicas da COVID-19 e as implicações psiquiátricas da pandemia tanto nos adultos como nas crianças.
A perda do olfato e do paladar são as sequelas neurológicas mais comuns da COVID-19, contudo, alguns doentes reportam dificuldade de concentração e de memória após a infeção.
No contexto psiquiátrico, a pandemia e o confinamento têm sido causa de ansiedade e depressão, além disso, estudos recentes revelam um risco acrescido de complicações e de mortalidade em alguns doentes psiquiátricos.
Do ponto de vista pediátrico, crianças e adolescentes parecem ter menos risco de infeção por COVID-19, contudo são também alvo das alterações comportamentais, emocionais e até cognitivas induzidas pela pandemia.

Acompanhe as nossas novidades.
Subscreva a Newsletter SPP

subscrever Newsletter

com o apoio de:

Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Membro Parceiro de:

ERS
PULMONOLOGY
REAG
INALADORES