Ao utilizar este website está a concondar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa política de privacidade e uso de cookies, onde poderá desactivar os mesmos.

OK

Após a apresentação do Plano de Vacinação contra a Covid-19, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia endereçou esforços no sentido de serem esclarecidas algumas informações relativamente às comorbilidades incluídas na primeira fase, nomeadamente naquelas que se relacionam com as doenças respiratórias crónicas.

A 21 de Dezembro de 2020, a SPP teve uma reunião com a Task Force responsável pelo plano de vacinação contra a COVID-19, na qual manifestou o seu total empenho no processo de vacinação, tendo ficado a proposta de inclusão de doentes com mais de 50 anos e DPOC, bronquiectasias, fibrose cística ou doenças pulmonares fibróticas, para além de doentes sob oxigenoterapia e ventilação não invasiva, independentemente da doença subjacente.

Durante a reunião, foi obviamente tido em conta o número limitado de vacinas que é dependente de várias condicionantes que podem ser alteradas com o decorrer do processo, adicionada à evidência publicada relativa às associações encontradas com doença grave e mortalidade. Não englobando todos os doentes que gostaríamos, pareceu-nos uma proposta equilibrada no atual contexto.

Durante todo o mês de janeiro, tentamos por várias vezes obter a confirmação que o grupo de doentes referido anteriormente seria efetivamente incluído, de forma a podermos avisar atempadamente quer os médicos quer os doentes, pretendendo contribuir assim para que o processo fosse o mais tranquilo e eficaz possível.

Tal informação, no entanto, não nos foi confirmada até ao dia 30 de janeiro, altura em que foi publicada no site da DGS a nova norma da Campanha de Vacinação Contra a COVID-19 – Fase 1, onde na página 10 é descrita a Vacinação de Grupos de Pessoas com 50 ou mais anos e comorbilidades e Pessoas com 80 ou mais anos independentemente da presença de comorbilidades e na qual são englobados os doentes dos grupos referidos anteriormente.

Face à eventual dificuldade de identificação de alguns destes doentes nos ACES e ULS`s, será provavelmente necessário em várias situações os médicos enviarem um comprovativo da doença, para que a vacinação seja efetuada de acordo com o instituído.

A SPP manterá um acompanhamento próximo e empenhado de todo o processo de vacinação contra a COVID-19.

Consulte aqui a Norma para a Vacinação contra a COVID-19 da Direção-Geral da Saúde

 

COVID-19 COVID-19

Acompanhe as nossas novidades.
Subscreva a Newsletter SPP

subscrever Newsletter

SOCIEDADE PORTUGUESA DE PNEUMOLOGIA | SEDE

 

geral@sppneumologia.pt

 

T. (+351) 217 962 074

F. (+351) 217 962 075

 

Rua Ivone Silva, 6 (Edifício ARCIS), 6º Esquerdo

1069-130 Lisboa

 

Horário de Funcionamento:
- Segunda a Sexta-feira
- 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h30

VER NO MAPA

DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO

 

comunicacao@sppneumologia.pt
 

T. (+351) 926 432 143 
Cátia Jorge
 

T. (+351) 917 434 115
Andreia Pinto

com o apoio de:

Grupo Medinfar
Takeda
Bial
PULMONOLOGY